24 de fevereiro de 2012

Como pai e filha




Ahh essas fotos! São tão velhinhas... na verdade nem tanto.
Acho que é só uma sensação nostálgica que tenho quando vejo. São fotos do meu velho mundo, dos momentos do Brasil.

Até lembro que nesse dia estava "muito" frio, aquele frio brasileiro (hoje tem um lado meu que dá risada só de lembrar desse frio). Não agüentava mais ficar em casa e então "super agasalhei" a Sara e fomos ao parque .
Só pensei em levar a câmera quando coloquei o gorro nela.
Para mim foi a cerejinha do bolo, o motivo que precisava para fotografar.

Quando cheguei lá, claro, me empolguei.
Fazia tempo que não tirava tantas fotos da Sara, e nada melhor do que fazer um ensaio dela com o Paulo.
Nunca tinha feito isso com eles, um ensaio de verdade e ficar duas horas fotografando as brincadeiras deles.
Fotografei assim como se fosse um trabalho, sem parar, correndo e deitando no chão, sem deixar a câmera de lado por um minuto.
Esse foi um ensaio surpresa para mim e um ensaio escondido para eles.
Na hora não contei do meu plano mirabolante! Tive a idéia de fazer um fotolivro com as fotos desse dia e com o dia dos pais estava chegando, estava tudo perfeito!

Tive dois dias para tratar as fotos e montar o fotolivro para que chegasse a tempo para o dia dos pais.
Nunca fiz um trabalho tão rápido assim,  em menos de 48 horas, fotos + diagramação. No fim deu tudo certo!
Lembro que em casa me escondia do Paulo para ele não ver o que tanto fazia dia e noite no computador, não podia estragar essa surpresa ;)

Aqui vão as minhas preferidas, e também uma promessa de um dia colocar aqui as fotos do fotolivro também!
(Um dia a longo prazo... ainda tem muitos posts na minha listinha de preferências.)













4 comentários:

  1. Ameiiiii as fotos, Carol! Que dom, que olhar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, querida, obrigada :)
      Adorei que você passou aqui!

      Excluir
  2. Amei tudo! As cores, o sentimento, a história, tudo! E esse parquinho doido? Quero um assim também!

    ResponderExcluir